Como prevenir problemas com álcool?

Coração & Vida faz alerta para determinadas atitudes dos pais que podem proteger os filhos do uso nocivo e pesado da bebida

15.03.2016 | por Coração e Vida

A ingestão de álcool é contraindicada para crianças e adolescentes, uma vez que seu sistema nervoso central ainda está em desenvolvimento e, portanto, mais suscetível ao comprometimento de importantes funções cerebrais.

Especial do mês: Dois tipos de droga, inúmeros efeitos
Fatores genéticos podem estar ligados à dependência química
Álcool: da prevenção ao tratamento

Você sabia… Que a maior parte da cocaína consumida no Brasil vem da Bolívia?

No Brasil, a lei proíbe a oferta de bebidas alcoólicas antes dos 18 anos. Mas como os jovens acima dessa idade irão usufruir deste direito sem trazer malefícios à saúde e à sociedade?

Pesquisas científicas mostram que determinadas atitudes dos pais são capazes de proteger os filhos do uso nocivo e pesado de álcool antes da idade permitida e na idade adulta.

Segundo o psiquiatra Valentim Gentil Filho, o suporte em questões gerais, monitoramento e boa comunicação entre pais e filhos são fatores de proteção bem conhecidos.

“O apoio é caracterizado quando os pais demonstram cuidado, atenção e aceitação para com seus filhos. Além disso, é necessário que exista consistência: a simples desaprovação do beber direcionada apenas aos filhos, mas com o ambiente de casa permissivo ao uso frequente e intenso de bebidas pelos adultos não tem efeito positivo”, ressalta.

Confira algumas orientações do especialista aos pais ou responsáveis:

coracao e vida 1

coracao e vida 2

Efeitos do álcool no organismo

A ingestão de bebidas alcoólicas provoca diversas ações em todo o organismo. Existem problemáticas relacionadas ao sangue, coração, cérebro, boca, faringe, esôfago, garganta, estômago, intestinos, fígado, pâncreas, laringe, brônquios, pulmões, órgãos dos sentidos como vista e ouvidos, órgãos secretores da urina e rins.

O álcool é absorvido pelo estômago e duodeno e, em instantes, cai na circulação sanguínea. Na primeira passagem pelo fígado, começa a ser parcialmente metabolizado.

“É no fígado que 90% das moléculas de etanol são metabolizadas e quebradas em partes menores para facilitar sua eliminação. Ele processa por hora o equivalente a uma lata de cerveja. O restante fica circulando no sangue e intoxicando, causando alterações e danos em diferentes órgãos.”

Confira abaixo os danos causados pelo álcool no organismo:

coracao e vida3

 

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.