Dicionário médico

Fontes: Dicionário Médico | Hospital Israelita Albert Einstein
-- O serviço tem fim meramente informativo e não substitui de forma alguma a consulta a um profissional de saúde, nem quaisquer tratamentos e/ou diagnósticos.


  • Farfalho

    Estomatomicose provocada pela Candida albicans; sapinho (pop.).

  • Faringe

    Conduto músculo membranoso, mediano, ímpar, que pertence à via respiratória e ao tubo digestivo; estende-se da base do crânio até o nível da 6ª vértebra cervical, onde se continua com o esôfago. Está situada atrás das fossas nasais, cavidade bucal e laringe, com as quais se comunica.

  • Faringite

    Inflamação da faringe.

  • Farinha

    Pó de grãos de cereais; qualquer coisa reduzida a pó.

  • Farmácia

    Arte de preparar, conhecer e conservar medicamentos; local onde se vendem medicamentos.

  • Farmácia galênica

    Farmácia de medicamentos vegetais.

  • Farmácias magistrais

    Segundo o Ministério da Saúde, farmácias autorizadas a manipular medicamento, inclusive o que contém psicotrópicos ou entorpecentes, cuja atividade requer autorização especial de funcionamento expedido pelo órgão competente.

  • Farmaco

    Do gr. phármakon, medicamento (farmacodinâmica).

  • Farmacocinética

    Estudo das ações do organismo sobre os fármacos, incluindo absorção, distribuição, metabolismo e excreção.

  • Farmacodermia

    Efeitos cutâneos de sensibilização causados por medicamentos; dermatite medicamentosa.

  • Farmacodiacosmia

    Parte da farmacologia que se ocupa dos tipos comerciais e classes de embalagem de drogas.

  • Farmacodinâmica

    Estudo da ação dos medicamentos nos seres vivos.

  • Farmacoepidemiologia

    Segundo o Ministério da Saúde, aplicação do método e raciocínio epidemiológico no estudo dos efeitos – benéficos e adversos – e do uso de medicamentos em populações humanas.

  • Farmacognosia

    Ramo da farmacologia que trata dos caracteres físicos das drogas.

  • Farmacologia

    Estudo dos medicamentos no que diz respeito à sua origem, preparação, conservação, propriedades físicas e químicas, absorção, destino, excreção, ação, efeitos e usos terapêuticos.

  • Farmacopeia

    Livro ou código onde se reúnem fórmulas e preceitos relativos ao modo de se preparar medicamentos.

  • Fármacos

    Segundo o Ministério da Saúde, substância química que é o princípio ativo do medicamento.

  • Farmacoterapia

    Tratamento de pacientes mediante emprego de medicamentos.

  • Farmacovigilância

    Segundo o Ministério da Saúde, identificação e avaliação dos efeitos, agudos ou crônicos, do risco do uso dos tratamentos farmacológicos no conjunto da população ou em grupos de pacientes expostos a tratamentos específicos.

  • Farmoquímicos

    Segundo o Ministério da Saúde, todas as substâncias ativas ou inativas que são empregadas na fabricação de produtos farmacêuticos.

  • Fartum

    Cheiro nauseabundo, resultante de ranço; fortum.

  • Fáscia

    Faixa; camada ou bainha fibrosa que separa ou envolve os músculos.

  • Fáscia

    Faixa; camada ou bainha fibrosa que separa ou envolve os músculos.

  • Fascial

    Relativo à fáscia ou à bainha que envolve os músculos.

  • Fasciculação

    Movimento involuntário rítmico, que traduz uma alteração na regulação do tônus muscular. Produzem-se pequenas contrações de diferentes grupos musculares de forma alternada e repetitiva. Associa-se ao hipertireoidismo, alcoolismo, doença de Parkinson, etc.

  • Fascículo

    Feixe ou grupo de fibras nervosas ou musculares; pequeno feixe.

  • Faseolar

    Que se refere a feijão.

  • Faséolo

    Feijão.

  • Fastígio

    Auge; acme; fase em que a doença está no máximo de intensidade.

  • Fastio

    Repugnância a alimento; inapetência; falta de apetite.

  • Fatal

    Que provoca a morte; inevitável; mortal.

  • Fatigabilidade

    Suscetibilidade ao cansaço fácil.

  • Fatno

    Do gr. phátne, alvéolo dentário (fatnorragia).

  • Fatnorragia

    Hemorragia de alvéolo dentário.

  • Fato

    Acontecimento; fenômeno; estômago e intestino de ruminantes (pop.).

  • Fator

    Elemento favorável a um fenômeno ou ato fisiológico.

  • Fator de risco

    Fator de exposição supostamente associado com o desenvolvimento de uma doença podendo ser genético ou ambiental. Ao contrário dos fatores prognósticos, fatores de risco agem antes da instalação.

  • Fator em estudo

    É o agente em investigação (fator de risco, fator prognóstico ou tratamento) que, supostamente, determina o efeito clínico. Em diagnóstico, é o agente em estudo que supostamente mede o efeito clínico (teste em estudo).

  • Fator prognóstico

    Uma condição associada com o desenvolvimento da complicação de uma doença. Difere do fator de risco por atuar no prognóstico e não na etiologia de uma doença.

  • Fauce

    Passagem da boca à faringe; garganta; parte posterior da boca.

  • Fauna

    Conjunto de animais de uma região ou local.

  • Fava

    Semente de certas leguminosas.

  • Favéolo

    Depressão; fossa.

  • Fávide

    Erupção cutânea, alérgica, devido ao favo.

  • Favo

    Alvéolo ou conjunto de alvéolos onde as abelhas depositam o mel.

  • Favorescência

    Efeito reforçador de um germe sobre a atividade de outro, ou de uma droga sobre o efeito da outra.

  • Faxadura

    Bandagem; o mesmo que faixadura.

  • Febre

    Elevação da temperatura corporal acima de um valor normal, estabelecido entre 36,7ºC e 37ºC, quando medida na boca.

  • Febre contínua

    É a febre sempre presente, sem grandes oscilações.

  • Febre intermitente

    É a febre que desaparece e volta em curto tempo.

Carregar Mais

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.