Dicionário médico

Fontes: Dicionário Médico | Hospital Israelita Albert Einstein
-- O serviço tem fim meramente informativo e não substitui de forma alguma a consulta a um profissional de saúde, nem quaisquer tratamentos e/ou diagnósticos.


  • Caquexia

    Estado de involução geral caracterizado por perda de peso, astenia e incapacidade de desempenhar atividades mínimas. Pode acompanhar estados terminais das doenças crônicas (SIDA, insuficiência cardíaca, insuficiência respiratória). Também se pode aplicar este termo a um órgão determinado, quando o mesmo se encontra afetado por um transtorno incapacitante terminal (caquexia cardíaca).

  • Carango

    Comichão da pele com descamação; piolho ou chato (pop.).

  • Caráter

    É o complexo conjunto formado pelos instintos, sentimentos, paixões, impulsos e inibições que se exterioriza ou não aos propósitos, atos e atitudes de um indivíduo.

  • Carbúnculo

    Infecção grave causada pelo Bacillus anthracis que ataca o gado, carneiros e pessoas que lidam com eles ou com peles e lãs desses animais; pústula maligna; antraz maligno.

  • Carcaça

    Esqueleto, cadáver; corpo decomposto ou descornado.

  • Carcinogênese

    Produção de câncer.

  • Carcinoma

    Tumor maligno ou câncer, derivado do tecido epitelial.

  • Carcinose

    Disseminação do câncer pelo organismo.

  • Carcinossarcoma

    Tumor maligno misto, que possui elementos de carcinoma e sarcoma.

  • Cárdia

    Abertura superior ou esofágica do estômago.

  • Cardialgia

    Dor no estômago, localizada na sua parte superior, junto da cárdia; dor no coração.

  • Cardiazol

    Nome comercial de um preparado cardiotônico, semelhante à cânfora, usado antigamente como convulsivante nos quadros esquizoparanoides, ao ser aplicado em injeções endovenosas rápidas, imitando o quadro convulsivo do eletrochoque.

  • Cardiomegalia

    É o termo utilizado para o aumento do tamanho do coração. Pode ser produzida por hipertensão arterial, doença coronariana, insuficiência cardíaca, doença de Chagas, etc.

  • Cardiopatia

    Nome genérico das doenças do coração.

  • Cardiopatia isquêmica

    Doença ocasionada por um déficit na circulação nas artérias coronarianas e outros defeitos capazes de afetar o aporte sanguíneo para o músculo cardíaco. É evidenciada por dor no peito (ver angina do peito), arritmias, morte súbita ou insuficiência cardíaca.

  • Cardioplegia

    Parada cardíaca induzida por meios químicos ou físicos.

  • Cardiotônico

    Tônico cardíaco; diz-se das substâncias que reforçam a energia da contração do coração.

  • Cardiovalvulite

    Inflamação das válvulas do coração.

  • Cardite

    Inflamação do coração.

  • Carena

    Quilha; querena; qualquer estrutura semelhante à crista.

  • Carência

    Falta; privação; necessidade.

  • Carência afetiva

    Privação de afetos, sobretudo em crianças de baixa idade, por falta ou inadequação de carinhos maternos ou dos seus substitutos.

  • Cariapse

    União dos núcleos na célula em conjugação.

  • Cárie

    Dissolução e desintegração do esmalte e da dentina pela ação de bactérias acidificantes e de seus produtos; destruição de um osso, da qual pode resultar a morte deste, que se torna amolecido, descorado e poroso.

  • Cáries

    Destruição do esmalte dental produzida pela proliferação de bactérias na cavidade oral.

  • Cariocinese

    Multiplicação das células por divisão indireta; mitose.

  • Carmim

    Substância vermelha, derivada da cochonilha pela adição do alume, empregada como corante histológico.

  • Carminativo

    Que alivia a flatulência; antiflatulento.

  • Carnegão

    Massa endurecida existente no interior dos furúnculos e antrazes, envolta pelo pus e resultante da necrose dos tecidos do processo inflamatório; carnicão.

  • Caro

    Forma profunda de sono ou coma.

  • Carotenemia

    Presença de caroteno no sangue em quantidade excessiva, a ponto de conferir coloração amarela à pele.

  • Caroteno

    Substância corante vermelho-alaranjada, encontrada na cenoura, laranja e outras plantas. É precursora da vitamina A, que se forma no fígado a partir dessa substância.

  • Carótida

    Principal artéria do pescoço.

  • Carótidas

    Artérias originadas a partir da aorta torácica ou a partir de um dos seus ramos principais, encarregadas de conduzir o maior volume sanguíneo para as estruturas do crânio. Estão dispostas de cada lado do pescoço (carótidas externas), que a seguir ramifica-se em várias artérias e unem-se aos troncos arteriais derivados do circuito cerebral posterior, através dos ramos comunicantes posteriores.

  • Carpal

    Relativo ao carpo ou munheca.

  • Carpo

    Região do punho; munheca; região entre o antebraço e a mão.

  • Cartilagem

    Substância elástica existente entre as superfícies articulares, ou que forma o arcabouço de certos órgãos como a laringe, a traqueia ou o tecido ósseo embrionário. É constituída por massa homogênea, semeada de células encapsuladas, secretoras da substância cartilaginosa e formando o tecido cartilaginoso, ou cartilagem, de natureza conjuntiva.

  • Cáscara

    Denominação de vários produtos farmacêuticos obtidos de plantas.

  • Cascavel

    Cobra venenosa do continente americano (Crotallus terrificus) que tem um chocalho na cauda.

  • Caseificação

    Degeneração em que o tecido se transforma em matéria seca, amorfa, que se parece com queijo.

  • Caseína

    Principal proteína do leite que forma a base dos queijos, depois da sua coagulação.

  • Caseoso

    Que tem aspecto de queijo.

  • Casta

    Grupos de seres com caracteres peculiares; raça.

  • Castração

    Anulação da função ovariana ou testicular através da extirpação destes órgãos ou por inibição farmacológica.

  • Casuística

    Registro de casos clínicos, reunião de casos.

  • Catabolismo

    Etapa de processos degradativos do metabolismo, na qual os produtos assimilados sofrem combustão para produção de energia, a fase das despesas energéticas, em linguagem biológica. No antigo linguajar dos gregos, katabolè, donde parece proceder o termo, vinha a ser pagamento de determinada quantia em dinheiro, ou prestações estipuladas em épocas fixas, passando a significar também certas cauções, como é de uso ainda entre nós. Portanto, o vocábulo contém ideia de despesa certa. Catabolismo formou-se dos dois termos: katà (para baixo) e um segundo elemento componente representado por derivação de bállo, cujo sentido original é lançar, arremessar, arrojar, projetar, donde se originam inúmeras dições, como bola, anfibologia, êmbolo, hipérbole, parábola, problema, símbolo e diabo (através de diabolo), o que lança ou arremessa ou atira calúnias e mentiras. Enquanto o anabolismo nos diz da fase positiva das trocas orgânicas, a outra – catabolismo – nos fala de abaixamento dos lucros por despesas certas ou a fase negativa das trocas. Aliás, o sentido de trocas orgânicas, que a Medicina emprega correntemente na sua linguagem técnica, já é ideia implícita na palavra metabolismo, que significa lançar-se, mais além de, e quem diz passar de uma parte para outra já está dizendo mudar, trocar, isto é, conjunto de trocas orgânicas que se processam em um ser vivo qualquer.

  • Catabólito

    Produto resultante do catabolismo.

  • Catáfase

    Período da mitose que vai da formação dos cromossomas até a divisão celular.

  • Catáfora

    Sonolência profunda alternada com intervalos de vigília imperfeita.

  • Cataforese

    Introdução de iontes nos tecidos mediante campo elétrico.

Carregar Mais

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.