Dicionário médico

Fontes: Dicionário Médico | Hospital Israelita Albert Einstein
-- O serviço tem fim meramente informativo e não substitui de forma alguma a consulta a um profissional de saúde, nem quaisquer tratamentos e/ou diagnósticos.


  • Acuidade

    Grande sensibilidade dos órgãos dos sentidos.

  • Aculálio

    Aparelho com que se ensinavam os surdos-mudos a falar.

  • Acúmulo de medicamentos

    Fenômeno resultante da somação de doses sucessivas que se verifica quando o medicamento permanece no organismo durante um período de tempo mais ou menos longo, porque a sua eliminação é lenta. O acúmulo depende exclusivamente da eliminação lenta do medicamento. É diferente de retenção medicamentosa.

  • Acupuntura

    Método terapêutico usado há milênios pelos chineses e japoneses, e que consiste na introdução de agulhas muito finas em pontos cutâneos precisos, para tratamento de certas perturbações funcionais ou para aliviar dores.

  • Acurácia

    A ausência relativa de erro na estimativa de um parâmetro. É o grau em que uma medida representa o valor verdadeiro do efeito medido.

  • Adamanto

    Do gr. adámas, adámantos, diamante (adamantino, adamantoma).

  • Ade

    Do gr. áden, bastante, abundantemente (adefagia).

  • Adefagia

    Voracidade; bulimia; apetite insaciável; gula.

  • Adejar

    Mover as asas para se manter em equilíbrio no ar; bater a(s) asa(s).

  • Adelfo

    Igual; da mesma geração; unido.

  • Adelo

    Do gr. ádelos, obscuro, indefinido, oculto (adelomorfo).

  • Ademanes

    Movimentos (principalmente das mãos) para exprimir idéias; acenos, gestos, sinais, trejeitos afetados e amaneirados.

  • Aden, adeno

    Do gr. adén, adénos, gânglio, glândula (adenoma, adenopatia, linfadenite).

  • Adenite

    Inflamação ou ingurgitamento de uma glândula ou gânglio linfático.

  • Adenocarcinona

    Tumor maligno que deriva do tecido epitelial glandular. Pode originar-se em qualquer órgão que tenha este tipo de tecido, sendo os mais frequentes o adenocarcinoma do cólon, mama, próstata e dos pulmões.

  • Adenóide

    Semelhante à glândula.

  • Adenoma

    Tumor do epitélio glandular de características benignas.

  • Adenopatia

    Aumento anormal dos gânglios linfáticos. Pode ser acompanhado de dor, aumento da consistência, aderência a planos profundos, etc. É freqüente em diversas situações, como infecções, inflamações, neoplasias, etc.

  • Aderência

    Brida; sinéquia; união viciosa – principalmente por tecido conjuntivo – de órgãos ou superfícies, oriunda de fenômenos inflamatórios ou alterações degenerativas.

  • Adesão

    Diz-se do grau em que os pacientes seguem a orientação/tratamento instituído pelo médico-assistente; “compliance” (em inglês).

  • Adesividade

    Propriedade das membranas celulares se prenderem umas às outras.

  • Adesmia

    Separação congênita de partes normalmente unidas.

  • Adiadococinesia

    Impossibilidade de execução de movimentos simples mas alternados ou sucessivos, na lesão cerebelar.

  • Adiaforese

    Supressão ou deficiência de transpiração.

  • Adiaforia

    Falta de resposta a estímulos; indiferença; neutralidade.

  • Adinamia

    Estado de prostração física e/ou moral; debilidade geral, falta de forças, astenia extrema.

  • Adipo

    Termo que indica relação com gordura.

  • Adiposidade

    Excesso de gordura, obesidade, adipose.

  • Adipsia

    Falta de sede; rejeição anormal de bebidas.

  • Adipsia

    Falta de sede; rejeição anormal de bebidas.

  • Aditivo

    Substância adicionada a uma solução para aumentar, diminuir ou eliminar determinadas características, visando à conservação, melhoria da tolerabilidade ao paladar, uniformidade, estabilidade e aspecto estético da preparação farmacêutica.

  • Adjutório

    Que ajuda; laxante (pop.).

  • Adjuvante

    Que ajuda, que presta auxílio; medicamento ou medicação auxiliar.

  • ADN

    Abreviação de ácido desoxirribonucléico; DNA.

  • Adnato

    Ligado a alguma coisa de que faz ou parece fazer parte.

  • Adolescência

    Período da vida humana que sucede à infância, começa com a puberdade e se caracteriza por uma série de mudanças físicas e psicológicas, estendendo-se, aproximadamente, dos 12 aos 20 anos.

  • Adolescente

    Diz-se daquele que se encontra na adolescência, advindo do verbo latino alescere (alimentar); diz-se assim porque o jovem ainda recebe, enquanto cresce, o alimento fornecido pelos pais; sinônimo de jovem ou efebo; da mesma raiz o verbo adolescer, que é o mesmo que entrar na adolescência, crescer.

  • Adrenalina

    Substância produzida pela camada medular da cápsula supra-renal, também chamada epinefrina, supra-renina e adnefrina.

  • Adsorção

    Fenômeno físico pelo qual uma substância é retida na superfície de outra (adsorvente). Não há penetração para o interior (o que seria absorção).

  • Adstringente

    Que aperta; estíptico, que prende, que provoca constrição, que paralisa a cinética da musculatura lisa.

  • Adução

    Movimento de aproximação de membro, ou parte do membro, do eixo do corpo; antônimo de abdução.

  • Adunco

    Curvo ou recurvado; em forma de garra ou gancho.

  • Adustão

    Calor excessivo; calcinação; cauterização.

  • Adventícia

    Membrana ou camada externa da parede arterial.

  • Adventício

    Estrangeiro; acidental ou adquirido; não-natural.

  • Aero

    Do gr. aér, aéros, ou lat. aere, ar, vento (aerofagia, anaeróbio).

  • Aeróbio

    Que tem necessidade do oxigênio livre do ar para viver. Em geral refere-se a microrganismos.

  • Aerobionte

    Organismo aeróbio.

  • Aerocolia

    Acúmulo de gases no colo, distendendo-o.

  • Aerofagia

    Hábito de deglutir o ar, que surge em algumas pessoas, especialmente as que sofrem de dispepsia ou de certos estados ansiosos.

Carregar Mais

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.