Dicionário médico

Fontes: Dicionário Médico | Hospital Israelita Albert Einstein
-- O serviço tem fim meramente informativo e não substitui de forma alguma a consulta a um profissional de saúde, nem quaisquer tratamentos e/ou diagnósticos.


  • Medusa

    Uma das três mulheres da mitologia grega que transformava em pedra a cabeça de quem as olhava, e cujos cabelos eram serpentes.

  • Medusa, cabeça de

    Estase das veias da parede abdominal, em casos de distúrbio circulatório da veia porta.

  • Mefítico

    Que exala mau cheiro; infecto.

  • Mega

    Termo que indica grande.

  • Mega, Megalo

    Do gr. mégas, megále, grande (megacólon, megaloblasto, cardiomegalia).

  • Megacólon

    Dilatação anormal do intestino grosso, produzida por defeitos congênitos (megacólon congênito ou doença de Hischprung) ou adquiridos (megacólon tóxico, hipotireoidismo, doença de Chagas, etc.) Associa-se à constipação persistente e episódios de obstrução intestinal.

  • Meia-vida alfa

    É o termo usado no emprego da via venosa e significa o tempo em que 50% da concentração inicial de um fármaco se distribuem pelo organismo; meia-vida de distribuição.

  • Meia-vida beta

    Refere-se ao tempo em que a concentração plasmática estável de um fármaco diminui em 50%, devido à sua eliminação do organismo; é um termo empregado apenas na cinética de primeira ordem; meia-vida de eliminação.

  • Meio

    Ambiente em torno, com o que existe nele.

  • Meio de cultivo

    Composição apropriada ao crescimento de germes.

  • Meio interno

    Conjunto constituído por sangue, linfa e líquidos intersticiais.

  • Meio social

    Organização social de um povo.

  • Meissner, plexo de

    Camada de fibrilas nervosas da submucosa do trato digestivo, um dos responsáveis pela motilidade gastrintestinal. O termo advém de Georg Meissner, fisiologista alemão (1829-1905).

  • Mel

    Líquido adocicado preparado pelas abelhas, particularmente pela Apis mellifica, constituído de levulose e glicose, usado como alimento.

  • Melaço

    Líquido xaroposo, rico de glicose, que resta da cristalização do xarope de sacarose na fabricação do açúcar.

  • Melado

    Xarope de açúcar bruto, rico de glicose e que por isso dificilmente cristaliza.

  • Melagra

    Dores musculares nas extremidades.

  • Melancolia

    Psicose caracterizada por depressão intensa, inibição, angústia, insônia, idéias de suicídio, sintomatologia esta que se manifesta por crises. Para Freud, resultaria de vitória absoluta do superego sobre o ego, levando-o à auto-anulação.

  • Melancolia involutiva

    Síndrome caracterizada por crises de melancolia que sobrevêm ao curso da idade pré-senil ou, mais exatamente, no climatério.

  • Melanêmese

    Vômito negro.

  • Melanina

    Pigmento negro que dá a cor dos olhos, da pele, dos cabelos, e aparece em certos tumores.

  • Melano

    Do gr. mélas, melaine, negro, sombrio (melanina, melancolia, melenêmese).

  • Melanoblasto

    Célula epitelial que contém grânulos de melanina.

  • Melanócitos

    Células da pele que produzem o pigmento melanina.

  • Melanoma

    Neoplasia maligna que deriva dos melanócitos (as células responsáveis pela produção do principal pigmento cutâneo). Mais frequente em pessoas de pele clara e exposta ao sol. Podem derivar de manchas prévias que mudam de cor ou sangram por traumatismos mínimos, ou instalar-se em pele previamente sã.

  • Melanose

    Deposição anormal de pigmento; coloração enegrecida de tecido.

  • Melanúria

    Eliminação de urina escura.

  • Melasma

    Mancha cutânea enegrecida devido à pigmentação exagerada da pele.

  • Melasma da gravidez

    Coloração escura da pele no decurso da gravidez.

  • Melena

    Eliminação de fezes de coloração negra, alcatroada. Relaciona-se com a presença de sangue proveniente da porção superior do tubo digestivo (esôfago, estômago e duodeno). Necessita de uma avaliação urgente, pois representa um quadro grave.

  • Meli, Melisso

    Do lat. mel, mellis, mel, ou do gr. mélissa, abelha, mel, poeta (melífero, melissofobia, melito).

  • Melito

    Medicamento veiculado no mel.

  • Melo

    Do gr. mélos, membro (focomelia, micromelia, meloplegia);
    – do gr. mélos, canto, melodia (melomania);
    – do gr. mêlon, maçã (meloplastia).

  • Melodídimo

    Indivíduo com um ou mais membros acessórios.

  • Melodiomania

    Psicose com marcada devoção à música.

  • Melômelo

    Indivíduo com um membro acessório rudimentar, preso a outro membro.

  • Meloncose

    Tumor da face ou bochecha.

  • Melosalgia

    Dor nos membros.

  • Melose

    Exploração por meio de sonda.

  • Membrana

    Camada delgada que cobre ou envolve uma célula, um órgão, ou divide um espaço.

  • Memória

    Faculdade de lembrar ou recordar.

  • Menacme

    Período máximo da atividade menstrual; período de vida da mulher caracterizado por atividade menstrual.

  • Menalgia

    Menstruação dolorosa; dismenorreia.

  • Menarca

    Primeira menstruação. Pode aparecer entre os 13 e 16 anos, dependendo de fatores genéticos e ambientais.

  • Mendacidade

    Tendência para a mentira.

  • Mendaz

    Que mente; mentiroso.

  • Mendelismo

    Princípio da hereditariedade baseado na segregação particular e independente dos fatores ou elementos da herança, contido nas chamadas Leis de Mendel. O termo advém de Gregor Johann Mendel, monge e botânico austríaco (1822-1884).

  • Meninge

    Membrana que envolve e protege o encéfalo e a medula espinhal.

  • Meninges

    Conjunto de membranas que envolvem o sistema nervoso central. Cumprem funções de proteção, isolamento e nutrição. São três e denominam-se dura-máter, pia-máter e aracnoide.

  • Meningite

    Inflamação das meninges. Sua causa mais freqüente é a infecção viral ou bacteriana. Podem produzir quadros graves caracterizados por dor de cabeça, febre, vômitos e fotofobia (ver).

Carregar Mais

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.