Coração e Vida | Novembro Azul e o câncer de próstata - Coração e Vida

Novembro Azul e o câncer de próstata

Um a cada seis homens pode desenvolver a doença, mas chance de cura é de 95%, se detectado precocemente

30.11.2017 | por Elioenai Paes - Equipe Coração e Vida

É homem e quer tranquilidade? Ir ao médico regularmente e fazer exames que possam detectar precocemente o câncer de próstata é a dica. É disso que os urologistas tentam conscientizar a população masculina durante o Novembro Azul, já que se sabem não ser possível prevenir o câncer de próstata, mas apenas identificar o desenvolvimento ainda no início. Com isso, o tratamento é feito com maior efetividade.

Especial do mês – Novembro Azul: entenda a campanha contra o câncer de próstata
8 mitos e verdades sobre o câncer de próstata
Câncer afeta mais de 15 milhões de pessoas no mundo por ano

Cansaço e palidez levou a diagnóstico de leucemia em menina de oito anos
Você sabia… Que os homens negros correm três vezes mais risco de desenvolver câncer de próstata

Um a cada seis homens pode ter câncer de próstata, sendo o segundo câncer mais comum na população masculina (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma) que costuma aparecer depois dos 50 anos. No entanto, há um quê de hereditário em uma parte desses carcinomas.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

“A gente sabe que, quanto mais pessoas na família tiveram câncer de próstata, maior a chance da pessoa ter. Sendo parente de primeiro ou segundo grau, a pessoa tem de duas a três vezes mais chance. Se for irmão ou pai, de três a 10 vezes mais chance que a população geral”, alerta Luiz Renato Guidone, urologista do Hospital e Maternidade São Luiz Anália Franco.

O uro-oncologista da Clínica UNIX Victor Buonfiglio explica que o câncer de próstata tem a particularidade de ser sigiloso, de crescimento lento. “Normalmente, de cinco a dez anos para o câncer evoluir. Lógico, dentro deles também há subtipos mais indolentes, que são mais agressivos e que em pouco tempo podem se metastizar. Mas são características individuais”, conta.

O que os médicos sabem, é que se o câncer for diagnosticado ainda no início, o tratamento é mais eficaz e a chance de cura, de até 95%. Se diagnosticado tardiamente, o câncer pode ter sofrido metástase para os ossos ou outros órgãos, diminuindo drasticamente as chances de cura.

Prevenção

Homens sem histórico familiar da doença, portanto, devem fazer os exames de detecção precoce a partir dos 50 anos. O exame de toque retal e o de sangue, o PSA, são os que detectam se há algo errado. Quem tem casos na família ou é afrodescendente, precisa fazer os exames ainda antes, aos 40 anos, pela chance de o câncer se manifestar mais cedo.

“Com isso, conseguimos fazer um tratamento mais tranquilo e manter o paciente sem câncer definitivamente. Se alcança a cura. Quando não se faz nada, de repente descobre uma metástase no osso e aí já não tem muito mais a ser feito, além de cuidados paliativos”, alerta Guidone.

A cirurgia e a radioterapia são os tratamentos usados para exterminar o câncer de próstata, mas tudo depende do estágio em que o câncer estiver. Em alguns casos, quando detectado precocemente, não é necessário tomar atitudes agressivas.

“O paciente pode ser acompanhado e só depois precisar de um tratamento”, explica o urologista Victor Buonfiglio, que também participa do grupo de Uro-Oncologia da Unifesp.

Um remédio que está se mostrando promissor na prevenção do câncer de próstata é a finasterida, substância já conhecida por tratar calvície, mas também por provocar efeitos colaterais como impotência sexual e perda de libido.

Tomate

Muito se fala sobre o licopeno presente no tomate prevenir o câncer de próstata.

Apesar de não estar cientificamente comprovado, o alimento é rico no componente, um poderoso antioxidante. Ele ainda ajuda a manter um peso corporal e um padrão alimentar saudáveis.

artenovembroazul

Revisão técnica

Prof. Dr. Max Grinberg
Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
Autor do blog Bioamigo

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.