Coração e Vida | Que os homens negros correm três vezes mais risco de desenvolver câncer de próstata? - Coração e Vida

Que os homens negros correm três vezes mais risco de desenvolver câncer de próstata?

31.10.2017 | por Coração e Vida

Um trabalho realizado com 470 homens pelo urologista Edson Paschoalin no município de Ipirá, na Bahia, revelou que a incidência de câncer de próstata foi nove vezes maior nos negros do que nos brancos.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), os estadunidenses, jamaicanos e caribenhos com ascendência africana apresentam as mais altas taxas de incidência do câncer de próstata do mundo, o que pode ser atribuído, em parte, à hereditariedade (cerca de 5% a 10%).

O urologista Roni Fernandes aponta que o fato de os negros manifestarem o câncer de próstata mais cedo pode estar relacionado com os níveis de testosterona desses indivíduos.

“As explicações para tal achado populacional não estão claras, mas sabemos que os negros manifestam mais cedo a doença. Como ela tem uma ligação com o estímulo da testosterona –  e neste grupo se sabe que a testosterona tem valores mais elevados -, talvez por isto se manifeste tão cedo.”

Contudo, o médico enfatiza que a testosterona não dá câncer e diz que a doença se manifesta mais cedo apenas em quem já tem a predisposição.

Em alguns casos, o tratamento para a doença incluiu terapia de redução de testosterona no organismo, o que tem se mostrado bastante eficaz para conter o crescimento do tumor.

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.