“Uso capa de durão, mas sofro em casa, no quarto”, diz Kalil

Em entrevista à Veja, cardiologista mostra lado humano e afirma que a cada morte de paciente é um pedaço seu que vai embora

2.03.2017 | por Coração e Vida

Kalilveja

Kalilveja2
Kalilveja3

Kalilveja4

Kalilveja5

Kalilveja6

Kalilveja7
Confira a entrevista na página da Veja.com.

Deixe seu comentário

1 comentário

  1. simone Balderramas disse:

    um médico espetacular, com um coração grande….e como pessoa um ser humano inigualável…..
    Obrigada por tudo…
    vc me salvou!!
    Eu acredito….

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.