“Uso capa de durão, mas sofro em casa, no quarto”, diz Kalil

Em entrevista à Veja, cardiologista mostra lado humano e afirma que a cada morte de paciente é um pedaço seu que vai embora

2.03.2017 | por Coração e Vida

Kalilveja

Kalilveja2
Kalilveja3

Kalilveja4

Kalilveja5

Kalilveja6

Kalilveja7
Confira a entrevista na página da Veja.com.

Deixe seu comentário

1 comentário

  1. simone Balderramas disse:

    um médico espetacular, com um coração grande….e como pessoa um ser humano inigualável…..
    Obrigada por tudo…
    vc me salvou!!
    Eu acredito….

Deixe seu comentário para simone Balderramas

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.