Coração e Vida | Você sabe o que é a fibromialgia? - Coração e Vida

Você sabe o que é a fibromialgia?

Doença afeta 3% da população brasileira e causa fortes dores durante um período extenso

24.11.2017 | por Thassio Borges - Equipe Coração e Vida

Quando a cantora norte-americana Lady Gaga anunciou o cancelamento do show que faria no Rock in Rio no último dia 15 de setembro, a reação dos fãs foi imediata. De início, houve incredulidade e tristeza. Com o passar do tempo, no entanto, os sentimentos deram lugar a dúvidas quanto ao motivo do cancelamento: fibromialgia, conforme informou a própria cantora. Afinal, que doença é essa? Quais seus sintomas e como se dá seu tratamento?

A fibromialgia é conhecida também como Síndrome da Dor Generalizada. Isso porque a enfermidade tem como principal característica a ocorrência de fortes dores em diversos pontos do corpo, por períodos prolongados. Acredita-se que no Brasil aproximadamente 3% da população sofre com a doença. No mundo, o índice chega a aproximadamente 5%.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

De acordo com a fisiatra Christina May Moran de Brito, coordenadora Médica do Serviço de Reabilitação do Hospital Sírio-Libanês, a dor intensa e prolongada é, de fato, o principal sintoma da doença, mas não é o único.

Os principais sintomas são: dor generalizada persistente, acompanhada de distúrbios do sono, fadiga moderada a intensa, transtornos do humor (ansiedade e depressão), disfunção cognitiva leve e alteração do hábito intestinal (síndrome do cólon irritável).

A especialista fala também sobre uma análise clínica que já é usada pelos médicos que tratam da doença.

“No passado, considerava-se a quantidade de pontos dolorosos como critério diagnóstico, mas este critério foi abandonado. E os exames complementares, laboratoriais e de imagem não apresentam alterações”, complementa.

O diagnóstico da fibromialgia é justamente uma das principais dificuldades para que o tratamento seja feito de maneira correta e no tempo adequado. Os exames complementares são solicitados apenas para descartar diagnósticos diferenciais, já que a constatação da doença se dá por meio clínico, através do histórico e exame físico realizado no paciente, verificando os pontos em que há dor forte e contínua.

Além disso, infelizmente ainda não se conhece uma causa específica da fibromialgia.

De acordo com a fisiatra do Sírio-Libanês, o entendimento mais aceito atualmente é de que a doença decorre de uma alteração no processamento da dor pelo sistema nervoso central. Dessa forma, seu tratamento irá incluir a utilização de analgésicos e relaxantes musculares, sendo estes utilizados de forma complementar.

“Em casos em que sintomas depressivos estejam presentes (frequentemente estão), procura-se utilizar medicamentos antidepressivos que atuam no sistema supressor de dor”, explica.

“E, fundamental, em adição à terapia farmacológica: psicoterapia; terapia cognitiva comportamental; manejo de estresse; técnicas de relaxamento e meditação; exercícios aeróbios com o objetivo de atingir, de forma progressiva, 150 minutos de atividade física moderada, distribuídos na maior parte dos dias da semana; e orientação para uma dieta saudável e higiene do sono”, completa.

A prática da atividade física é essencial para quem recebe o diagnóstico da fibromialgia. Isso porque o exercício, além de melhorar o condicionamento físico, poderá funcionar como uma espécie de “distração” para o sistema nervoso, minimizando momentaneamente as fortes dores associadas à doença.

Importante alertar também que a fibromialgia pode atingir ambos os sexos e todas as faixas etárias. No entanto, de acordo com a fisiatra, a doença tem afetado mais frequentemente as mulheres, a partir da meia idade.

“Estudos evidenciam que pode haver influência genética, familiar e que, frequentemente, há um gatilho, um estressor significativo, que precede o início dos sintomas, que pode ser físico ou psíquico”, conclui a especialista.

Ainda segundo a médica, na presença de dores, o paciente deve sempre procurar assistência médica. Não necessariamente ocorrerá o diagnóstico da fibromialgia, mas a dor será sempre um alerta de alguma desordem no corpo humano. Seja ela qual for, deve ser tratada.

Revisão técnica
Prof. Dr. Max Grinberg
Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
Autor do blog Bioamigo

Deixe seu comentário

34 comentários

  1. Juliana santos disse:

    Gostei muito da explicação , porque do nada começa as dores e se expalha a gente fica vulnerável e o problema e que demora a passar.

  2. Cléa Magnani Pimenta disse:

    Bom Dia!
    Farei 70 anos dia 29/12. Sou diagnosticada com FIBROMIALGIA desde 1980. Faço tratamento constante das dores, que migram por todo o corpo e nunca me deram mais de uma semana de sossego.
    E tenho também esse desagradável incômodo que são as “MOSCAS VOLANTES” , que povoam minha paisagem e minha concentração visual…
    Esses dois transtornos tem correlação?
    Obrigada!
    Cléa

  3. Eliete da costa machado amorim disse:

    Estou a varios dias com dor na perna direita e ja tomei varios medicamento e sempre volta a dor.ja fui diagnosticada com fibromialgia.essa dor pode ser fibromialgia? Ela pode centralizar em um só loccal por varios dias?a dor fica entre o tronco e o membro inferior direito.

  4. Nely Mabel disse:

    Tenho uma dor na perna que achavam ser circulação, varizes, trombose ou coluna,para os três primeiros deram negativos e acham ser coluna,mas nada certo só suposição.
    Sinto fortes dores.
    Obrigada!

  5. Juliana Santos disse:

    Boa noite pessoal
    Eu também tinha sido diagnosticada com fibromialgia há algum tempa a traz, eu sofria com dores generalizadas há mais de 15 longos anos até q meu médico pediu p q eu tentasse mudar minha alimentação e diminuísse o consumo de carboidrato ai fui pesquisar sobre uma dieta de zero carboidrato e zero açucar, eu concretizar a dieta e em apenas 10 dias percebi q as dores tinha diminuído, hj já se fazem 60 dias de dieta e estou muito feliz as dores desapareceram quase q por completo. Não é nada fácil ficar sem comer carboidrato e doces mais o q me importa e viver.sem dor e sem remedios.
    Feliz Natal a todos

  6. Marinete Araujo De Lima Rodrigues disse:

    Tenho uma amiga que tem está doença ela sofre muito
    Qual a melhor maneira de sr tratada. Inclusive hoje ela está sofrendo.

  7. Lezy Romanelli da silva disse:

    Queria saber sinto muitas dores nos ossos do corpo inteiro levei um tombo e desloquei o ombro e não coloquei no lugar me disseram que isto mexeu com todo meu esqueleto sinto dores demais da conta em todo o corpo teria isto alguma relação com Fibromialgia.

  8. Eliana Oliveira disse:

    Boa Tarde.
    Sinto dores por todo o corpo e a sensação de inchaço(fofa ou dormente..ruim)O pescoço parece ficar apertado e sinto meio depressiva.
    Durmo bem,mas os braços e pernas parecem ter perdido as forças,sensação de anemia. Os exames clínicos estão bem

  9. Dalva Rodrigues Leandro disse:

    e aqui sua MensagemSinto dores pelo corpo todo,pelo amor de Deus me ajudem

  10. Elaine Cabral disse:

    Oi bom dia …
    Sinto muito dor no corpo uma dor aguda muito forte .e tem pontos que dói mais os pulsos , calcanhares em todas as juntas dói muito não tem como explicar o quanto é insuportável .

  11. Genildo evangelista de Santana disse:

    Genildo Santana,minha irmã sente TDS as dores q foi sitada,e anciã de volmitos até acha que vai morrer,e outros sintomas.

  12. Beth gonçalves disse:

    Tenho 63 anos tenho mtas dores no corpo todo as dores maior no mamilos e dores com queimação só na parte dos mamilos

  13. Rosangela maria aquime de moraes disse:

    Rosangela Moraes disse 27 de Março as 23:30 sofro de dor desde a 13 anos hoje tenho 50 anos, esses dores ela percorre todo o meu corpo so o que nao doi e cabelo, ja foi em varios especialista ja fiz tratamento fisioterapeutico e nada, o que ainda suavisar a dor e exercicios fisicos, têm dia que so deus que até os meus dentes estao adormecidos de dor como se eles estivessem anestesiados, vou trabalhar porque preciso, mas tem dia que nao tenha vontade para me levantar da cama de tanta dor. Deveria ter um aparelho que detectase quantos por cento uma pessoa que sofre de fibramialgia sente de dor, as vezes eu nao sei mas a onde doi os meu bracos doi minhas pernas, pes, pescoço, tento viver uma vida normal mas as vezes eu tenho que ser muito forte para aguentar tanta dor, espero que descubra logo um remedio que para tratar quem sofre de fibramialgia, pois ninguem merece viver com tanto dor

  14. Sandra França disse:

    Oi bom dia! ultimamente sinto muitas dores por todo corpo, dores no baixo ventre como se fisse colicas menstruais.
    fortes dores nos seios com queimação
    ďores nas costas no pescoso e muita falta de sono.(Aguardo uma resposta)

  15. Maria Do Carmo da Silva disse:

    Boa noite.tehho fibromialgia e sofro de mas.nao.consigo mas trabalha.ate.mia.casa poucas vez que limpo fico.treis dia sem consegui fase mas.nada queria muito sabe si essa doença não quere uma.ajunda do gorveno

  16. Malu Ribeiro disse:

    Deixe aqui sua MensagemSinto muitas dores por todo o corpo principalmente nas pernas e pés e tbem sinto fraqueza nos braços e pernas as vezes tenho a sensação de que vou desmaiar

  17. Marta tavares disse:

    Deixe aqui sua Mensagem Tenho muitas dores.fui diagnósticada com fibromialgia. Além de ter Hérnia de disco em 3 vértebras cervicais.Me ajude sinto dores a mais de 10 anos.o corpo doi todo.

  18. Nadia disse:

    Boa noite. Me chamo Nádia. Estou sofrendo com fibromialgia a um ano. Sempre estou na urgência e confesso que choro muito. Não sei mais como proceder, pois a cada ida sempre me receitam algo difetente e a dor persiste. Acordo ofegante,cansada, e com dores horríveis. Me orientem o que fazer. Agradeço

    • Nelson Gutierres - Equipe Coração e Vida disse:

      Oi, Nadia. Nós não podemos encaminhar tratamento, mas procure sim um especialista, que vai fazer consulta e pedir exames para o seu caso. Boa sorte!

  19. Adriana disse:

    Sinto muitas dores no pescoço, cabeça e ombro, e como se fosse uma dor tensional. Quando peço de alguém uma massagem ameniza. Já fiz tomografia não deu nada, fiz ressonância da coluna cervical e deu abaulamento. Mas será que só o abaulamento causa dores crônicas? Tenho dores todos os dias sem parar há dois anos e meio. Me ajudem.

  20. Márcia Fernandes Castro disse:

    Bom dia!
    Sinto muitas dores em todas as articulações, ombros direito e esquerdo, mais perto do polegar tanto direito quanto esquerdo, tenho coxartrose no quadril esquerdo, sinto muita dor lombar. Isso será fibralmialgia? Tenho diverticulite, não consigo dormi a noite toda, pois sinto muitas dores, não tenho posição na cama, gostaria de ajuda! Obrigada! Tenho 59 anos.

  21. Maria Izaura disse:

    Há 12 anos fui diagnosticada com Síndrome do Pânico e depressão, meu médico disse q sofri uma lesão cerebral causada por um alto nível de estresse, daí passei a tomar antidepressivos e remédios para dormir; só q ficava dopada e me sentia cada vez mais fraca, os efeitos não eram satisfatório, sentia muita dor generalizada e fraqueza.Sempre q retornava ao médico, ele dizia q era por conta da doença, e durante todos esses anos, vinha substituindo os remédios, até q após alguns anos passei a sentir fisgadas, formigamento pelo corpo, sensibilidade a luz do sol e a toques , cheguei a pensar q estava com lúpus ; foi aí q resolvi procurar outros profissionais: reumatologista e ortopedista , quando fui diagnosticada então com hérnia discal, artrite e fibromialgia , esta última descoberta pelo médico anterior( neurologista), foi aí q o mesmo,receitou o medicamento certo e de uso contínuo, mas mesmo sem dor, sinto a fadiga e incômodo, principalmente nas costas e pescoço .

  22. Maria Fernanda Freire Oliveira disse:

    Tenho fibromialgia…descobri uns dois anos atrás..até então tomava algumaa medicações passada por reumatologista…..descobri um médico especialista em doenças auto imune…dr Jonas Moura…me receitou um protocolo..com vitamina D…procurem esse médico..ele eh de Teresina…vão adorar…melhoras a todos….eu melhorei ..

  23. MARCIA REGINA MONTEIRO NEVES E NEVES disse:

    Bom dia, tenho fibromialgia a uns 10 anos ou mais , ttratando da fibromialgia.
    Faço pilates a 2 anos e melhorei muito, sinto dor todos os dias (dias menos e dias mais), trabalho sou secretaria escolar de uma escola pública, estou tratando no Hospital da Gamboa, no momento só quero ficar atoa não por preguiça, mais por conta de um cansaço falta de forças mesmo. Gostaria de saber se queda de cabelo faz parte da doença?

    • Nelson Gutierres - Equipe Coração e Vida disse:

      É possível, Marcia. Mas todos os efeitos da doença devem ser discutidos com seu médico, pois os casos diferem entre as pessoas. Não deixe de procurar um especialista. Um abraço!

  24. Márcia Santana disse:

    Boa noite meu nome é Márcia e comecei a ler sobre a fibromialgia e os sintomas e tudo o que eu estou sentindo dores no lado esquerdo abaixo do braço e não consigo dormir tranquilo tenho sono conturbado e sou ansiosa e comecei a sentir uma sensação de falta de ar comecei a ir na psicóloga mais as dores são constantes.tenho 48 anos e ainda estou na pre menopausa já não sei mais o que fazer.

  25. Kenia moraes disse:

    Oi boa tarde! Então tenho 40 anos sinto uma dor horrível nos braços e pernas, não durmo bem a tempos, estou com problemas serios de coluna, estou com anisocitose moderada, raras hemacias hipocromicas e raros poiquilocitos. Minha mãe teve cancer de mama e ainda faz tratamento devo me preocupar com esses problemas???? Por favor me tirem essas dúvidas. Não sei mais o que pensar

  26. Katia disse:

    Gostaria de saber se fibromialgia da sensações de mal estar, enjoos e vontade de ficar deitada independente de dor. Tenho essas sensações indecifráveis.

  27. Francisca Rodrigues da Silva disse:

    A anos sofro com essa doença. Hoje eu chequei num ponto que as dores não passam.trabalho sobro fortes dores o tempo todo esso e contínuo. Dormir entao e privilégio guando eu consigo.
    Trabalho por nessesedade mesmo porque pelas dores que sinto contatemente nem sairia de casa.hoje meu sonho de consumo e nao sentir dor e poder dormi uma noite inteira

  28. Jailza de Medeiros disse:

    Misericórdia estou muito doente sentido várias dores pelo corpo muitas dores fortes, tive que ir ao médico e fiz diversos exames, e foi diagnosticado fibromialgia, que doencinha maldita.

  29. maria heloiza campana almeida leite disse:

    Acho que tenho fibromialgia,Tenho dores horriveis de cabeça e na cabeça, dores nas pernas , síndrome do colo irritável,dores nos braços ,no pescoço!!!!!!!!! Estou desesperada.Preciso de orientação sobre que médico procurar

  30. maria heloiza campana almeida leite disse:

    Acho que tenho fibromialgia,Tenho dores horriveis de cabeça e na cabeça, dores nas pernas , síndrome do colo irritável,dores nos braços ,no pescoço!!!!!!!!! Estou desesperada.Preciso de orientação sobre que médico procurar.Eu nunca me manifestei aqui.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.