Coração e Vida | 13 erros de beleza que você não deve cometer
Qualicorp

Coração e Vida

13 erros de beleza que você não deve cometer

Que tal identificar – e mudar – aqueles maus hábitos que insistimos em manter?

13.09.2018 | por Equipe Coração e Vida

Por Daniela Spilotros

Você fica com a pele ressecada no inverno? Bate aquela preguiça quando o assunto é prevenir o envelhecimento? Conversamos com a dermatologista Caroline Farkas, do corpo clínico do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, que alerta sobre os principais erros de beleza que costumamos cometer.

1- Esfregar demais e passar condicionador próximo ao couro cabeludo
Use a ponta dos dedos, massageando levemente. Esfregar demais estimula a produção de sebo, além de provocar feridas. O condicionador serve para hidratar a haste capilar e fechar as cutículas. Quando utilizado no couro cabeludo, pode obstruir o folículo piloso, gerando aumento de oleosidade e caspa.

2- Usar maquiagem vencida
Quando passam da validade, sombras, batons, lápis e blushs ficam mais suscetíveis à contaminação com fungos e bactérias. Outro erro é compartilhar maquiagem com as amigas, correndo o risco de contrair doenças como conjuntivite e herpes.

Quando passam da validade, sombras, batons, lápis e blushs ficam mais suscetíveis à contaminação com fungos e bactérias - Foto: Freepik

Quando passam da validade, sombras, batons, lápis e blushs ficam mais suscetíveis à contaminação com fungos e bactérias – Foto: Freepik

3- Usar xampu anti-resíduos com frequência
Bastante abrasivo, esse xampu de limpeza profunda abre as cutículas e remove o acúmulo de cremes, finalizadores, sprays e outros produtos, além de resíduos de poluição, que deixam o cabelo opaco e pesado. Use apenas uma vez na semana, do contrário pode ressecar e causar frizz nos cabelos.

4- Usar chapinha diariamente
A temperatura elevada desgasta a proteína da haste capilar. Produtos termoprotetores, usados antes da chapinha, diminuem os danos, mas não protegem totalmente os fios. Para os cuidados diários, use o secador na temperatura morna. Além de modelar as madeixas, ajuda a manter o couro cabeludo seco, diminuindo a incidência de caspa e oleosidade.

5- Espremer espinhas com a unha
Esse hábito pode causar infecções graves, sendo uma porta de entrada para bactérias. Além disso, há riscos de aumentar a inflamação local e provocar cicatrizes.

6- Aplicar filtro solar somente em dia de sol
Os efeitos dos raios ultravioletas são cumulativos. Mesmo nos dias nublados ou chuvosos, há a incidência de aproximadamente 70% deles, o que provoca o envelhecimento, aumento de manchas e até câncer de pele. O que muda é o FPS (fator de proteção solar), que pode ser menor durante o inverno.

7- Não hidratar a pele porque ela é oleosa
Todos os tipos de pele necessitam de hidratação para melhorar sua textura e viço, e também diminuir a irritabilidade durante tratamentos renovadores – peelings, por exemplo. Opte por produtos sem óleo (oil free), que não fecham os poros e ainda reduzem o aspecto brilhoso.

8- Abandonar os ácidos no verão
É preciso redobrar os cuidados com a fotoproteção e usar ácidos mais brandos, indicados pela dermatologista. Em qualquer época do ano, é um excelente tratamento para estimular a renovação celular e deixar a pele mais viçosa.

9- Não prevenir o envelhecimento
Os cuidados com a pele começam na infância, com o uso do filtro solar, e devem ser intensificados após os 25 anos, quando lentamente diminui a produção de colágeno. Não deixe para correr atrás do prejuízo aos 40, quando a flacidez e as linhas de expressão se anunciam.

10- Tomar banhos muitos quentes
A alta temperatura da água, associada ao uso de sabonete e bucha, remove a barreira protetora da pele, causando ressecamento, descamação, coceira e até eczema. Nos cabelos, a água quente resseca os fios, mas costuma estimular as glândulas sebáceas do couro cabeludo. Se tomar banhos quentes prolongados, capriche depois na hidratação corporal.

11- Tirar as sobrancelhas em excesso
Quem arranca repetidamente os fios da sobrancelha pode sofrer de alopecia de tração, ou seja, os pelos deixam de nascer. Para retocar as falhas, a pessoa precisará recorrer a técnicas artificiais, como a micropigmentação. Por isso, evite modismos e só faça a remodelação dos fios com profissionais especializados.

12- Beber pouca água
Na pele, a água ajuda a equilibrar a barreira cutânea (hidro-lipídica), reduzindo infecções e, como também compõe o material entre as células, há uma melhora na sustentação. Na prática, significa poros e rugas menores e pele com mais viço. Além disso, a hidratação é forte aliada no controle da celulite.

13- Fumar
O envelhecimento precoce da pele é um dos muitos danos causados pelo tabagismo. O cigarro aumenta as proteínas que degradam o colágeno, intensifica a produção de radicais livres e contrai pequenos vasos, diminuindo o fluxo sanguíneo. Além disso, a contração muscular para a tragada aumenta as rugas periorais – o famoso “código de barra”.

 

Revisão técnica
Prof. Dr. Max Grinberg
Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
Autor do blog Bioamigo

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.