Coração e Vida | Dr. Kalil explica: pressão alta é sempre silenciosa?

Dr. Kalil explica: pressão alta é sempre silenciosa?

Crise hipertensiva é considerada emergência médica e pode apresentar sintomas

27.02.2019 | por Equipe Coração e Vida

Quem nunca ouviu falar que a hipertensão arterial, conhecida por pressão alta, é sempre silenciosa? Na maioria das vezes essa afirmação está correta, mas quando acontece uma crise hipertensiva – que é quando quem tem pressão alta sofre um aumento súbito de pressão – os sintomas podem, sim, aparecer.

“A crise hipertensiva acontece quando a pessoa hipertensa sofre um aumento súbito da pressão arterial. É um quadro caracterizado por pressão maior ou igual a 18/12, ou seja, são níveis altíssimos de pressão”, explica o cardiologista Dr. Roberto Kalil.

“A hipertensão arterial, na grande maioria das vezes, é um mal silencioso, que não dá sintomas. Mas, durante uma crise hipertensiva, os sintomas aparecem. Uma dor de cabeça súbita, tontura, falta de ar, dor no peito, sensação de ansiedade, enjoo”, detalha o médico.

Durante a emergência hipertensiva, esclarece Dr. Kalil, pode acontecer inclusive o infarto agudo do miocárdio e o acidente vascular cerebral (AVC). “O paciente tem que ser atendido imediatamente para que os níveis de pressão sejam controlados”.

É importante que quem tem hipertensão arterial não abandone o tratamento. “Além dos remédios, é preciso praticar exercícios, reduzir o consumo de sal, se alimentar com equilíbrio, segundo à risca a orientação do seu médico”, finaliza Dr. Kalil.

Veja abaixo o vídeo em que o Dr. Kalil explica mais sobre crise hipertensiva:

Leia também: Dr. Kalil explica: furar o dedo com uma agulha pode salvar vítimas de AVC?

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.