Coração e Vida | Doença de Parkinson e maconha. Conheça os reais efeitos:

Doença de Parkinson e maconha. Conheça os reais efeitos:

Para falar sobre os avanços no tratamento e tirar as principais dúvidas sobre a doença, Dr Kalil convida o médico neurologista Rogério Tuma:

4.11.2019 | por Equipe Coração e Vida

Capa_UOLvaleNesta semana, em seu blog, no UOL, Dr Kalil fala sobre a doença de Parkinson.

Neurodegenerativa e progressiva, cujo maior impacto está na coordenação dos movimentos, a doença acontece quando há uma diminuição da dopamina: um dos neurotransmissores responsáveis pelo controle automático do sistema motor.

Sabe-se que hábitos ruins como consumo excessivo de açúcar, gordura e sal, e não fazer exercícios físicos antecipam demências.

Parkinson não tem cura. Mas tem controle. Muito se fala ou lê sobre tratamento com canabidiol ou maconha, por exemplo. Mas quais são, de fato, os reais efeitos da utilização destas substâncias na doença?

Para tirar essas e outras dúvidas, o Dr Kalil convida o médico neurologista Rogério Tuma, para falar melhor do assunto.

Assista na íntegra: Blog do Dr Kalil, no UOL

 

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.