Coração e Vida | 56% fazem exercícios e cuidam da alimentação para controlar colesterol alto - Coração e Vida

56% fazem exercícios e cuidam da alimentação para controlar colesterol alto

Coração & Vida pesquisou opinião das internautas sobre a questão

3.05.2016 | por Equipe Coração e Vida

Enquete realizada pelo site Coração & Vida mostra que 56% dos 123 internautas que participaram da pesquisa fazem exercícios e cuidam da alimentação para controlar o colesterol alto.

Especial do mês: Administre melhor a rotina, seu coração agradece!
Já fez o “RG” do coração dos seus filhos?
Reconheça um infarto
Infarto também é assunto de mulher
Caminhoneiros têm alto risco para doenças cardiovasculares
30% dos adultos têm pressão alta ou hipertensão, diz cardiologista
Hábito de fumar faz mal ao coração, afirma cardiologista
Obesidade é um dos principais fatores de risco para doenças do coração
Você sabia… Que até 2030, a estimativa é de que 23,6 milhões de pessoas morrerão de doenças cardiovasculares anualmente?

Na pesquisa promovida no portal, muitos leitores (39%) tomam remédios para equilibrar a doença, enquanto 19% afirmam não ter colesterol alto. Outros 15% dizem não fazer o controle, por isso não sabem informar.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

O colesterol é um tipo de gordura essencial para manter o bom funcionamento dos órgãos. No entanto, seu excesso no sangue é prejudicial e aumenta o risco de desenvolver doenças do coração. Com uma alimentação equilibrada, é possível manter um nível saudável da substância no organismo.

Dois tipos de colesterol circulam na corrente sanguínea: o de baixa densidade (LDL) e o de alta densidade (HDL).  Enquanto o LDL deposita o colesterol nas paredes das artérias, o HDL leva para o fígado o excesso produzido para que seja eliminado pelo intestino. É por isso que o HDL é conhecido como “colesterol bom” e o LDL como “colesterol ruim”. A dúvida que surge é como aumentar ou diminuir a quantidade de cada um deles no organismo.

A nutricionista Graziela Roque, do Instituto do Coração (InCor), explica que, com uma alimentação saudável, é possível equilibrar essas taxas.  “A dieta por si só tem um efeito impactante na redução do colesterol ruim e causa algum impacto na elevação do HDL.”

Segundo a especialista, incluir fibras e retirar a gordura saturada do prato é fundamental para baixar os níveis do colesterol ruim do sangue.  Carnes gordurosas e aves com pele fazem parte dessa lista de “vilões”.

Durante todo o mês de abril, o site publicou reportagens especiais sobre a saúde do coração, com dicas de especialistas.

Confira o resultado:

[poll id=”11″]

Quer participar e dar sua opinião nas enquetes publicadas no site? Acesse a seção ou confira a página do Coração & Vida no Facebook.

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.