Coração e Vida | Aos 103 anos, sobrevivente relembra gripe espanhola - Coração e Vida

Aos 103 anos, sobrevivente relembra gripe espanhola

14.02.2018 | por Folha

Aos 103 anos, José Ameal Peña diz que jamais ficou doente, com uma exceção: a infecção em 1918 pela gripe espanhola, a epidemia mais letal desde a peste bubônica, no século 14. Ele é um dos poucos sobreviventes ainda vivos daquela doença, que completou seu centenário neste ano. A gripe espanhola foi a tragédia de mais impacto do século 20, matando entre 50 milhões e 100 milhões, enquanto as duas guerras mundiais somadas (1914-1918 e 1939-1945) deixaram 70 milhões de vítimas.

Ameal vive no povoado de Luarca, na região de Astúrias, no norte espanhol. viviam ali 2.000 pessoas quando, em 1918, a gripe chegou. Um quarto morreu.

Leia mais

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.