Coração e Vida | Como se prevenir do câncer e viver melhor

Como se prevenir do câncer e viver melhor

No Dia Nacional de Combate ao Câncer, especialistas no assunto explicam como reduzir os riscos de desenvolver a doença

27.11.2018 | por Fernanda Geppert

Quando falamos de prevenção ao câncer, os especialistas são unânimes: é fundamental manter um estilo de vida equilibrado, saudável e principalmente com regularidade, desde a primeira infância, embora nunca seja tarde para fazer ajustes na rotina.

Muitas pessoas ainda acreditam que o principal fator para o desenvolvimento do câncer é a carga genética, mas a verdade é que 10% dos casos têm relação hereditária. Dessa forma, a prevenção primária, apesar de parecer um desafio, se faz uma grande aliada para reduzir o risco de desenvolver um tumor.

Alimentação balanceada pode ajudar na prevenção do câncer - Creative Commons - Projetado por Freepic.diller - Freepik.com

Alimentação balanceada pode ajudar na prevenção do câncer – Creative Commons – Projetado por Freepic.diller – Freepik.com

Hoje já é sabido que 30 a 50% dos tumores podem ser evitados com a mudança do estilo de vida, baseada no equilíbrio, ou seja, não são necessários extremismos alimentares ou mesmo o exagero na academia.

O oncologista Paulo Hoff, referência na área, diretor-geral do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) afirma que a prevenção e a detecção precoce são essenciais no combate ao câncer. “Eu pessoalmente gostaria de incentivar os pacientes a discutirem métodos de detecção precoce do câncer com seus médicos. O câncer é uma doença importante e sua incidência pode ser reduzida, desde que o diagnóstico seja feito precocemente.”

Hoff alerta ainda para os riscos do tabaco e do sexo sem proteção. “É importante conversar com as crianças e adolescentes sobre sexo seguro como maneira de evitar o câncer. Infelizmente, alguns tumores aparecem por causa de vírus transmitidos por via sexual. O HPV, por exemplo, ainda é uma causa de câncer importantíssima entre as mulheres e é prevenível com sexo seguro.”

Saúde no prato

A boa alimentação pode mesmo ser protetora, inclusive para outros problemas de saúde como hipertensão, colesterol alto, diabetes e outros problemas cardiovasculares. Ou seja, quem se protege contra o câncer também é mais saudável em outras partes da vida.

“É um equilíbrio entre alimentação e estilo de vida. Não dá para viver com essa neura, de que não pode comer isso ou aquilo porque vai dar câncer. Não é bem assim. Um alimento específico, quando consumido uma vez só, não vai causar câncer. O descuido, a falta de alimentação boa sim, a longo prazo, pode provocar a doença”, destaca a nutróloga Letícia Fontes.

Leia mais: Entenda o porquê de uma boa alimentação proteger contra o câncer

Mitos e verdades

Dúvidas sobre alimentação, comportamento sexual, hereditariedade e os métodos de tratamento são frequentes nos consultórios médicos. Os especialistas do Icesp listaram algumas crenças populares – e infundadas – relacionadas ao câncer:

– Câncer só atinge os mais velhos

O câncer afeta pessoas de todas as idades e em diferentes fases de vida, incluindo os mais jovens. Em crianças com idade entre cinco e 14 anos, por exemplo, é a quarta principal causa de morte em países de renda baixa-média.

– Tatuagem pode gerar um tumor

As tatuagens não estão relacionadas ao desenvolvimento de tumores. Os desenhos mais escuros podem, em alguns casos, dificultar exames clínicos de diagnóstico como a biópsia, por esconder alguma alteração na pele, por isto é importante ficar de olho em manchas e pintas com crescimento acelerado, por exemplo.

– O uso constante do celular e microondas são fatores de risco para o câncer

A taxa de radiação emitida pelo celular e o microondas é baixa e não há nenhum estudo cientificamente comprovado que relacione essa radiação ionizante ao desenvolvimento de tumores.

– Só devo me preocupar depois que surgirem os sintomas do câncer

A maioria dos tumores cresce de maneira silenciosa. Por isso, o cuidado rotineiro com a saúde é muito importante.

Leia mais: Vida longa e feliz é possível após um câncer de mama

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.