Coração e Vida | Como se recompor dos exageros da ceia de Natal

Como se recompor dos exageros da ceia de Natal

São poucos que conseguem se controlar diante de tantas guloseimas natalinas; saiba o que fazer depois

26.12.2018 | por Equipe Coração e Vida

Fim de ano é época de festas, muitos encontros com amigos, família e, claro, da celebração do Natal diante de uma mesa farta. O problema é que no dia seguinte muitas pessoas se arrependem dos excessos gastronômicos cometidos durante o encontro com a família, e se perguntam: o que fazer para reverter o exagero?

De acordo com Paula Hertel, nutricionista do Hospital Sírio-Libanês, fazer jejum, tomar suco detox, só se alimentar de sopa, ou outros radicalismos não são bem vindos. “O recomendado é retomar a alimentação normalmente, já que uma única refeição não é capaz de trazer tantos prejuízos à saúde e à composição corporal”, explica.

Cuidar da alimentação depois do Natal é importante para se preparar para o ano novo - Foto: Shutterstock

Cuidar da alimentação depois do Natal é importante para se preparar para o ano novo – Foto: Shutterstock

A variação de peso que acontece logo após uma comilança é principalmente por causa de acúmulo de líquidos, que vão sendo eliminados aos poucos. “Podemos acelerar o processo de eliminação do inchaço aumentando o consumo de água e utilizando chás com efeitos diuréticos, como a cavalinha e o hibisco”, diz Paula.

Fígado é inocente

Muitos acham que os alimentos gordurosos do Natal acabaram prejudicando o fígado, por conta daquele mal-estar logo no dia seguinte, mas a nutricionista explica que um fígado saudável tem total capacidade de eliminar as toxinas naturalmente, por isso a importância de cuidar da saúde ao longo do ano todo, investindo principalmente em alimentos de origem vegetal, reduzindo o consumo de toxinas como agrotóxicos, corantes, conservantes, adoçantes, aromatizantes, alimentos refinados, açúcares e bebidas alcoólicas.

Ressaca? Água nela

Beber muita água é fundamental para quem exagerou nas bebidas alcoólicas. “Água de coco também é indicada para hidratação. Além disso, é recomendado consumir alimentos naturais, podendo utilizar chás para reduzir o enjoo, como o de gengibre”.

Prepare-se para o ano novo

Paula explica que o “projeto verão” deve acontecer ao longo do ano, já que o período entre o Natal e o ano novo é curto e insuficiente para mudanças na composição corporal. “O ideal é manter uma alimentação saudável no intervalo entre as duas festas, mas isso não costuma acontecer na maioria dos casos”, preocupa-se. “As pessoas tendem a manter a alimentação mais calórica até o ano seguinte, exagerando todos os dias. Isso, sim, impacta negativamente na saúde e na composição corporal”.

Por isso, controlar a alimentação durante os dois eventos é fundamental, bem como continuar praticando atividade física assiduamente.

Leia também: Ideias de lanchinhos para não fugir da dieta

Revisão técnica
Prof. Dr. Max Grinberg
Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
Autor do blog Bioamigo

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.