Coração e Vida | Dia Internacional de Combate ao Câncer Infantil

Coração e Vida

15 de fevereiro: Dia Internacional de Combate ao Câncer Infantil

País deve registrar cerca de 8 mil novos casos em 2020. Diagnóstico precoce aumenta chances de cura da doença

15.02.2020 | por Equipe Coração e Vida
FOTO:shutterstock

FOTO:shutterstock

O Brasil deve registrar 8.460 novos casos de câncer infanto-juvenil no ano de 2020, segundo estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Isso significa que, por dia, 12 crianças e adolescentes de até 19 anos serão diagnosticados com a doença que é a que mais mata no país nessa faixa etária. A chance de sucesso do tratamento é alta – em torno de 80% – quando o diagnóstico é feito precocemente.

Por isso, é tão importante que os pais estejam atentos a qualquer sinal que possa indicar a existência da doença.

Perda de peso, manchas roxas pelo corpo, febre e caroços podem ser sintomas de câncer em crianças e jovens. Oncologista pediátrica do Hospital Israelita Albert Einstein, Alessandra Azambuja afirma que o acompanhamento pediátrico ajuda muito na descoberta precoce da doença. “Os sinais e sintomas relacionados ao câncer infantil são semelhantes aos de outras doenças da infância. A avaliação médica norteia a investigação e faz com que o diagnóstico e encaminhamento do paciente ao oncologista seja mais rápido”, explica.

Mais: 
‘Desconhecimento sobre câncer infantil causa grande número de mortes’

A Leucemia é o tipo de câncer mais comum na infância. O tratamento é individualizado para cada paciente, mas, normalmente, compreende quimioterapia, radioterapia e possível transplante. “Alguns tipos de tumores têm indicação para transplante de medula óssea alogênico, que é quando vem de um doador, e o tipo autólogo, quando vem da própria pessoa”, explica a oncologista.

Pacientes que passam por tratamento de câncer na infância devem fazer o acompanhamento por pelo menos 5 anos com o oncologista pediátrico — muitas voltam às suas cidades de origem e seguem com seus pediatras que mantém contato com os  especialistas. Alessandra explica, ainda, que conforme os anos vão passando, as chances de recaída diminuem, mas a vigilância é fundamental.

Mais: 
Cansaço e palidez levou a diagnóstico de leucemia em menina de oito anos

Principais sinais e sintomas da doença em crianças:

  • Palidez
  • Manchas roxas pelo corpo, principalmente em locais que não são comuns a traumas
  • Dor na perna
  • Caroços e inchaços em regiões como o pescoço
  • Febre
  • Perda de peso
  • Sudorese noturna
  • Vômitos matutinos
  • Dor de cabeça
  • Alterações para andar e para se equilibrar
  • Convulsões
  • Mancha branca nos olhos
  • Estrabismo de início súbito
  • Perda visual

 

Revisão técnica
Prof. Dr. Max Grinberg
Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
Autor do blog Bioamigo

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.