Coração e Vida | Dicionário médico - Coração e Vida

Dicionário médico

Fontes: Dicionário Médico | Hospital Israelita Albert Einstein
-- O serviço tem fim meramente informativo e não substitui de forma alguma a consulta a um profissional de saúde, nem quaisquer tratamentos e/ou diagnósticos.


  • Amok

    Palavra malaia que significa impulso de matar; é uma forma de loucura passageira entre os malaios, caracterizada por período de depressão, seguido de outro de excitação, em que o indivíduo tenta matar outros indivíduos.

  • Amolação

    Aborrecimento; desgosto.

  • Amolecimento

    Ato de amolecer; necrobiose.

  • Amonificação

    Transformação de azoto orgânico de animais e plantas em amônia; impregnar de amônia.

  • Amor

    Afinidade temperamental ou psíquica; afetividade; benquerença; na mitologia era Cupido ou Eros, filho de Vênus e de Marte, representado por um menino, nu, alado, munido de aljava e de setas com que fere o coração dos mortais. Por instigação da mãe, amou Psiquê (a alma).

  • Amorfa, doença

    É aquela que evolui sem diferenciação de caracteres, e pouca manifestação clínica.

  • Amorfia

    Deformidade; falta de forma.

  • Amorfo

    Sem forma determinada; diz-se das substâncias que não estão na forma cristalina.

  • Amostra

    Em bioestatística, diz-se de grupo de indivíduos, fatos ou dados, para estudo comparativo.

  • Amostra aleatória

    Um subgrupo da população-alvo onde os indivíduos são selecionados aleatoriamente, isto é, cada indivíduo tem chance igual de ser selecionado para a amostra, também chamada probabilística; este procedimento torna o subgrupo representativo da população-alvo. Na grande maioria dos estudos clínicos a representatividade da amostra é apenas pressuposta, uma vez que a seleção não é aleatória.

  • Amostra grátis

    Porção, fragmento ou unidade de um medicamento que, tradicionalmente, é distribuído aos médicos pelos representantes/propagandistas da Indústria Farmacêutica, com a finalidade de poder ser comprovada a sua qualidade terapêutica.

  • Amostragem

    Técnicas, normas e procedimentos utilizados para obtenção de uma amostra representativa da população Universo.

  • Amoterapia

    Método de tratamento das doenças pelo emprego de areias (areação ou arenação).

  • Ampeloterapia

    Cura pela uva; emprego de uvas no tratamento de certas doenças por seu efeito laxativo e diurético.

  • Amperagem

    Quantidade de ampères de uma corrente elétrica.

  • Ampère

    Unidade elétrica de intensidade, produzida pela corrente de um volt, através da resistência de um ohm. O termo advém de André Marie Ampère, físico e matemático francês (1775-1836).

  • Amplexo

    Abraço; termo para designar o congresso sexual nos animais inferiores.

  • Amplificador

    Aparelho destinado a aumentar a tensão, intensidade ou potência de sinais elétricos.

  • Amplitude

    Qualidade ou caráter daquilo que abrange grande amplidão; extensão; valor máximo de uma grandeza.

  • Ampola

    Pequeno receptáculo cilíndrico, de vidro, afilado em uma (ou duas) das extremidades, fechado a fogo e destinado a conter líquidos injetáveis, principalmente medicamentos, e assim conservados estéreis; qualquer dilatação, seja em aparelhos ou partes do corpo; empola.

  • Ampulheta

    Instrumento constituído por dois recipientes de vidro, com areia, que se comunicam no meio em parte estreitada, e que serve para medir o tempo.

  • Amputar

    Secionar um membro, ou parte dele.

  • Anábase

    Período de incremento da doença.

  • Anabiose

    Revivescência; volta à vida, depois de estádio de morte aparente.

  • Anabolismo

    Processo pelo qual as substâncias alimentares são incorporadas pelas células vivas. Compreende os processos de síntese, em que há produção de matéria viva a partir dos produtos da digestão, e de energia, provenientes do catabolismo.

  • Anabrose

    Ulceração ou erosão da superfície.

  • Anacatestesia

    Sensação de dúvida ou de instabilidade.

  • Anáclase

    Refração ou reflexão da luz; flexão forçada de um membro.

  • Anaclisia

    Posição do doente na cama, horizontalmente; decúbito.

  • Anacloridria

    Diminuição ou ausência de acidez ou de ácido clorídrico no suco gástrico; acloridria.

  • Anacmese

    Parada da maturação, especialmente das células primárias da medula óssea, na agranulocitose.

  • Anacorese

    Fenômeno associado ao aumento da resistência orgânica a outras infecções que não a atual, consequente a uma infecção anterior.

  • Anacoreta

    Indivíduo que não participa de vida social; ermitão.

  • Anacrônico

    Que está fora de tempo ou de uso.

  • Anactesia

    Recuperação; convalescença.

  • Anacusia

    Perda total da capacidade auditiva.

  • Anaeróbio

    Nome que se dá aos organismos que vivem sem ar ou sem oxigênio livre.

  • Anaerose

    Síncope respiratória, especialmente dos recém-nascidos; interrupção da função respiratória.

  • Anáfase

    Estádio da mitose, que segue à metáfase, em que as metades dos cromossomas divididos se orientam em direção aos pólos do fuso, para formar a diáster.

  • Anafia

    Ausência ou perda do sentido do tato.

  • Anafilaxia

    Condição ou sensibilização do organismo a substâncias estranhas de natureza proteica, ou substâncias de outra natureza, previamente introduzidas no organismo, natural ou artificialmente, que, em quantidades mínimas, novamente introduzidas provocam reações graves, até mortais. O termo correto é afilaxia, mas o uso consagrou anafilaxia.

  • Anaforese

    Passagem de substâncias eletropositivas através dos tecidos, por meio de uma corrente elétrica.

  • Anafrodisia

    Ausência ou diminuição do desejo sexual; frigidez sexual.

  • Anagogia

    Elevação da alma na contemplação das coisas divinas; êxtase; arrebatamento; enlevo.

  • Anágrafe

    Prescrição ou receita dada pelo médico.

  • Anais

    Condensação anual das atividades de uma organização científica.

  • Anal

    Relativo ao ânus; junto ao ânus.

  • Anal, fase

    Diz-se em psicanálise da fase observada em crianças, em torno do 2º ano de vida, quando o seu interesse se volta para o ânus. Na teoria da libido, vem depois da fase oral e é seguida das fases fálica e genital, com um período intermediário entre as duas últimas, denominado fase de latência.

  • Anal, reflexo

    Irritação da pele em torno do ânus, provocando contração do esfíncter anal; reflexo reduzido ou obtido nas lesões medulares e exaltado em casos de inflamações e fístulas do ânus.

  • Analepsia

    Restauração das forças perdidas por doenças; convalescença.

Carregar Mais

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.