Coração e Vida | É possível morrer de susto? Dr. Kalil explica

É possível morrer de susto? Dr. Kalil explica

Medo de “morrer do coração” depois de um susto tem fundamento; veja como isso pode acontecer

19.12.2018 | por Equipe Coração e Vida

É inevitável levarmos vários sustos durante a vida. Mas será que é possíve que um susto provoque a morte em decorrência de um infarto? O cardiologista Dr. Roberto Kalil explica que sim, mas é preciso que alguns fatores pré-existentes colaborem negativamente para isso.

De acordo com Dr. Kalil, o susto aumenta o estresse que, por sua vez, aumenta a liberação de adrenalina no corpo. “Essa adrenalina pode causar espasmos nas artérias do coração. A artéria é semelhante a um cano, e pode fechar por alguns momentos [por causa da adrenalina]”, explica o médico.

Susto pode provocar infarto em quem já tem as artérias comprometidas - Foto: Shutterstock

Susto pode provocar infarto em quem já tem as artérias comprometidas – Foto: Shutterstock

“Se essa artéria é doente, tem uma placa de gordura pré-existente, essa placa pode romper. Quando rompe, é que forma o coágulo e a pessoa infarta”, alerta.

Ou seja, não é todo mundo que vai morrer de susto por aí. Estão em risco as pessoas com fatores pré-existentes para doenças coronárias, aquelas que já têm as artérias comprometidas com placas de gordura, e não sabem que têm. “É o caso do diabético, do hipertenso, do fumante, do obeso, do sedentário”, explica Dr. Kalil.

Nesses casos, um susto pode desencadear o infarto.

Veja abaixo o vídeo em que Dr. Kalil explica sobre o risco de sofrer infarto em decorrência de um susto:

Leia também: Diabetes e cardiopatias têm relação

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.