Coração e Vida | O seu batom não é tão inofensivo assim - Coração e Vida

O seu batom não é tão inofensivo assim

O que você precisa saber antes de escolher e utilizar esse item de maquiagem

28.06.2018 | por Equipe Coração e Vida

Por Daniela Spilotros

Em bastão, líquido, vermelho ou nude, com brilho ou mate – toda mulher costuma carregar na bolsa um batom com cores e efeitos para cada ocasião, mas quase nunca se pergunta o que existe além do rótulo.

A dermatologista Mylene Pavan Pasin, membro do corpo clínico do Hospital Sírio-Libanês, explica por que devemos ficar atentas na hora de escolher – e de utilizar – esse artigo básico de maquiagem.

Alguns batons podem conter metais pesados, que são prejudiciais à saúde

Alguns batons podem conter metais pesados, que são prejudiciais à saúde

Os vilões da pesada

Alguns batons podem conter alumínio, cromo, mercúrio e outros metais pesados, principalmente o chumbo. E cores mais pigmentadas, como os vermelhos, costumam ter maior quantidade dessas substâncias, que estão associadas a alguns tipos de câncer, distúrbios hormonais e endócrinos.

A questão, levantada por pesquisadores da Universidade da Califórnia em um estudo recente, trata do efeito cumulativo no organismo. Segundo a pesquisa, a mulher ingere, em média, 24 miligramas de batom por dia. Porém, com os retoques de maquiagem, esse número pode chegar a 87 miligramas.

Na dúvida, deve-se checar o rótulo. “Além do chumbo, outros componentes nocivos são o retinil palmitato e os parabenos, apontados em estudos como agentes carcinogênicos”, alerta. O site Safe Cosmetics fornece uma lista completa dos mais utilizados.

Veja como cuidar da pele antes de dormir

Make sustentável

Para quem deseja reduzir o uso desses químicos, a dermatologista sugere a maquiagem orgânica. “Esses produtos precisam ter 95% de ingredientes orgânicos in natura. Nada de metais pesados, conservantes, aromas e corantes sintéticos, óleo mineral e outros derivados de petróleo”, explica.

Ao invés deles, entram na composição óleos essenciais puros, manteigas vegetais, extratos de frutas e pigmentos naturais. O batom orgânico, diferentemente do vegano, pode utilizar matéria-prima animal, como mel e cera de abelha.

Hipoalergênicos e sem glúten

Alguns ingredientes do batom podem causar alergia, deixando os lábios vermelhos, descamados ou com rachaduras. “É possível fazer um teste de contato para descobrir o agente causador, porém, nem todas as substâncias podem ser colocadas à prova”, comenta Mylene.

Para evitar problemas, é melhor optar sempre por maquiagens hipoalergênicas. Se oferecer proteção solar (FPS 15 é suficiente), melhor ainda. “Os lábios ficam sensíveis e também sofrem com os danos do sol.”

Agora, um alerta: alguns batons podem conter glúten na sua formulação. “As pessoas intolerantes a essa proteína podem desenvolver dermatite herpetiforme, uma reação com coceira e erupções de pele”, explica. “Muitas marcas já produzem maquiagem glúten free, totalmente segura para os celíacos”.

Leia mais: Maquiagem é brincadeira de criança?

Pode emprestar para a amiga?

Mylene explica ainda que não é recomendado usar batons de outras pessoas. “Algumas lesões bacterianas ou virais, como a herpes simples, podem ser transmitidas por esse contato”, alerta a dermatologista. Portanto, nada de compartilhar maquiagem com as amigas – e nem testar diretamente na boca as amostras disponíveis em lojas.

Revisão técnica
Prof. Dr. Max Grinberg
Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
Autor do blog Bioamigo

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.