Coração e Vida | Pressão baixa com frequência? Consulte um médico

Pressão baixa com frequência indica necessidade de avaliação médica

Muito se fala da pressão alta, mas e quando ela cai? Saiba mais sobre os sintomas

26.03.2019 | por Equipe Coração e Vida

A pressão arterial considerada referência da normalidade é aquela de 120x80mmHg, o popular “doze por oito”. Quando a pressão arterial está abaixo de 90×60 (nove por seis), ela já pode ser considerada baixa. Mas será que pressão baixa faz mal à saúde? O cardiologista Prof. Dr. Max Grinberg, autor do blog Bioamigo, explicou ao Coração&Vida alguns fatos sobre a hipotensão arterial.

O médico explica que a pressão baixa pode, sim, ser um problema de saúde, mas que isso depende da circunstância, por isso a importância de uma avaliação médica. “O pior cenário é quando a pressão arterial cai de modo significativo por alguma doença, especialmente se de maneira rápida e compromete a chegada de sangue aos órgãos do corpo, determinando seu mau funcionamento”, diz.

Quem apresenta pressão baixa com frequência deve consultar um médico para uma avaliação mais detalhada - Foto: Shutterstock

Quem apresenta pressão baixa com frequência deve consultar um médico para uma avaliação mais detalhada – Foto: Shutterstock

Portanto, apenas um médico saberá dizer, por meio de uma avaliação do todo, se a pressão baixa é sinal de alguma doença.

Será que é pressão baixa?

Dr. Grinberg explica que os principais sintomas da pressão baixa são sensação de fraqueza, de desmaio, tontura, suor mais frio e vontade de deitar.

“Qualquer pessoa pode ter ocasiões de pressão baixa, por exemplo, quando perde líquido em excesso, praticando atividade física em calor intenso, por diarreia ou por efeito de algum medicamento”, detalha.

O calor, por exemplo, pode provocar a queda da pressão arterial. “Isso acontece pois associa-se a perda de água corporal pelo suor e pela respiração com uma dilatação dos vasos sanguíneos, ou seja, aumenta o continente e cai o conteúdo, o que prejudica as forças que produzem pressão”, explica o especialista.

Quem apresenta pressão baixa com frequência deve consultar um médico para uma avaliação mais detalhada e para receber orientações. “O tratamento vai depender da causa, ou seja, eventuais tratamentos dizem respeito a doenças que a provocam”.

+ Leia também: Dr. Kalil explica: pressão alta é sempre silenciosa?

Revisão técnica 
Prof. Dr. Max Grinberg
Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
Autor do blog Bioamigo

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.