Coração e Vida | Nhoque de mandioquinha é opção saudável e prática

Nhoque de mandioquinha é opção saudável e prática

Tubérculo é rico em vitaminas e fibras. Nutricionista ensina opção de receita com aveia

24.09.2019 | por Equipe Coração e Vida
FOTO: shutterstock

Nhoque de mandioquinha, com molho pesto  FOTO: shutterstock

Que o nhoque conquista o paladar de quem experimenta o prato, não é novidade. Mas o que poucos sabem é que a massa feita com mandioquinha, ao invés da tradicional batata, pode ser ainda mais nutritiva. “Trata-se de tubérculo rico em fibras, carboidratos, minerais e vitaminas, como as do complexo B”, explica a nutricionista Thaís Cardeal.

Uma boa opção é acrescentar aveia. “A aveia se diferencia por apresentar um dos mais altos teores proteicos, além de ser rica em fibras, que atuam na regulação do trânsito intestinal, além de ajudar a baixar os níveis de colesterol total e LDL  no sangue”, complementa a nutricionista, sobre propriedades também benéficas na redução do risco de doenças cardiovasculares.

E a receita é prática e fácil. Confira!

Nhoque de mandioquinha com aveia: 

Molho ao sugo (mas pode ser pesto, também)

-3 dentes de alho picados

– 2 colheres de sopa de azeite

– 6 tomates sem pele e sementes em cubos pequenos

– sal a gosto

– pimenta do reino moída

– Folhas de 5 ramos de manjericão lavados

Massa

-500g de mandioquinha cozida e espremida

-1 xc de chá de aveia em flocos finos

– Sal a gosto

– Pimenta do reino moída


Modo de preparo
Molho:
refogue o alho no azeite. Junte os tomates e cozinhe-os em fogo alto até murcharem, cerca de 5 minutos. Desligue o fogo, tempere com sal e a pimenta e acrescente o manjericão.

Massa: Apos cozinhar esprema a mandioquinha e leve novamente ao fogo para secar a água restante. Junte o restante dos ingredientes e misture bem. Faça rolinhos de 1,5cm de diâmetro e corte em retângulos de 2 cm.  Cozinhe o nhoque em água fervente com sal por 3 minutos, ou até começarem a subir na superfície da água.

Revisão técnica
Prof. Dr. Max Grinberg
Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
Autor do blog Bioamigo

 

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.