Coração e Vida | Vinagre de maçã com mel traz benefícios à saúde?

Vinagre de maçã com mel traz benefícios à saúde?

Nutricionista explica propriedades dos alimentos, mas afirma não haver comprovação científica sobre ingestão combinada. Entenda:

9.09.2019 | por Equipe Coração e Vida
FOTO: shutterstock

FOTO: shutterstock

Mais uma “receita milagrosa” caiu na internet e chamou a atenção de usuários atentos à saúde: a ingestão de vinagre de maça e mel seria benéfica no controle da hipertensão, além de auxiliar na perda de peso. Mas será que é verdade? Coração & Vida conversou com a nutricionista Thais Cardeal para investigar os possíveis benefícios da combinação para a saúde. A especialista é categórica: “tanto o mel quanto o vinagre de maçã têm propriedades benéficas para o organismo, mas não há estudos que justifique o hábito de consumi-los juntos”, explica.

Mais:
7 alimentos que auxiliam na digestão e você nem sabe

De acordo com a nutricionista, o vinagre de maçã tem, sim diversos benefícios. Entre os principais, tem ação antioxidante, que protege as células do organismo; reduz o nível de glicose no sangue, e com, isso, previne diabetes, auxilia no controle da pressão artéria, tem ação anti-inflamatórias (por conter uma substância conhecida como quercetina), entre outros. O mel é considerado importante antioxidante, e fortalece o sistema imunológico — mas, por ser calórico, seu consumo deve ser moderado. “Ambos são benéficos, mas são opostos. Enquanto o vinagre de maçã reduz o açúcar do sangue, o mel aumenta”, aponta Thaís.

Mais:
Alimentos light e diet: por que devem ser evitados

E engana-se quem pensa que a “fórmula mágica” é a única a chamar atenção. A nutricionista explica ser comum o surgimento de notícias como essa, a exemplo de água com limão em jejum, suco de couve antes ou após as refeições etc. Por isso, é preciso ter cautela e se informar antes de seguir qualquer dieta ou receita. “Não há milagres. Para manter o corpo saudável, e ter peso adequado é preciso ter uma alimentação balanceada e evitar o sedentarismo”, diz.

Revisão técnica
Prof. Dr. Max Grinberg
Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
Autor do blog Bioamigo

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.
* Campos obrigatórios.

Esse site é melhor visualizado no modo Portrait.

Esse site é melhor visualizado no modo Landscape.